Exposição de arte com temática étnico-racial abre série de programações do mês da Defensoria Pública

Exposição de arte com temática étnico-racial abre série de programações do mês da Defensoria Pública

Abre na noite deste sábado (15), na Estação Cultural de Icoaraci, a exposição “Transformação do Silêncio”, com temática étnico-racial, do artista plástico Petcho Silveira, com curadoria de Jade Jares. A exposição ficará aberta até o fim do mês e é uma das primeiras programações do mês da Defensoria Pública organizadas em uma parceria entre Defensoria Pública do Pará e Associação das Defensoras e Defensores Públicos do Pará (ADPEP), em parceria com a Secretaria de Cultura do Estado do Pará (Secult). É que no dia 19 de maio comemora-se o Dia Nacional da Defensoria Pública e também o Dia do Defensor e da Defensora Pública.

O presidente da ADPEP, Marcus Vinicius Franco, explica que no mês de maio, temas de relevante impacto social são debatidos dentro e fora da Defensoria Pública, com a participação do Estado, sociedade e movimentos sociais. Por isso foram pensadas essa exposição e diversas outras ações, todas  em conformidade com a campanha nacional da Associação Nacional das Defensoras e Defensores Públicos (ANADEP), cujo tema este ano é “Racismo se Combate em Todo Lugar: Defensoras e Defensores Públicos pela equidade racial no acesso a direitos e políticas públicas para pessoas indígenas, negras, quilombolas e povos tradicionais”. O defensor público geral, João Paulo Lédo, fala sobre a importância da semana dedicada à Defensoria Pública. “É um momento de luta e celebração pelos direitos daqueles que buscam a justiça. No dia 19, se celebra Santo Ivo, aquele que morreu defendendo os mais pobres”, explica.

A curadora da exposição, Jade Jares, explica que a exposição chama atenção para o drama vivido por mulheres pobres e negras. “Atualmente Petcho trabalha com pinturas figurativas que retratam corpos pertencentes a culturas periféricas. A interação entre marcas fortes e elementos suburbanos sugere a violência sofrida em diversas esferas por esses personagens. Petchó produz da mesma maneira que se manifesta em suas telas, com intensidade e energia. Sua mensagem transborda e marca a percepção do expectador”, explica Jares.

Petchó Silveira começou sua carreira na fundação Curro Velho, onde se aprofundou nos estudos com a orientação de artistas plásticos como Jair Junior, Elliene Tenório, mestre Nato, Jocatos e Acácio Sobral. Hoje ele é reconhecido como um grande artista paraense e é convidado para participar de grandes exposições. Jade Jares explica que esta exposição “Transformação do Silêncio” é aberta ao público com entrada franca e todas as obras expostas estarão à venda para interessados.

Jade Jares, curadora da exposição.

 

Além desta programação, no dia 17, às 19h, ocorrerá a roda de conversa Racismo se Combate em Todo Lugar, na Estação Gasômetro, com Dharla Farias (advogada, ativista do Movimento Negro) e Mirian Dantas (indígena do Povo Tenetechar-Tembé, mestre em Psicologia Clínica e Social pela UFPA). As debatedoras são a secretária de Cultura do Estado Ursula Vidal e a Vice-Presidente da ADPEP Anna Izabel Santos. A mediadora é a sub-defensora geral Mônica Belém. O evento será transmitido pelo canal do YouTube da SECULT e DPPA. Já no dia 18, ocorrerá pelo mesmo canal o bate papo “Raizes Históricas do Racismo Estrutural e a Importância de Políticas das Ações Afirmativas”, com participação de Luana Bagarrão Guedes e Zélia Amador de Deus.

No dia 19 de maio, pela manhã, ocorrerá uma cerimônia solene do Conselho Superior da Defensoria Pública de outorga do mérito defensorial no âmbito da Defensoria, no auditório do prédio-sede. Esta será uma homenagem aos defensores públicos aposentados e, também, em homenagem póstuma aos servidores falecidos em decorrência da Covid-19. Ainda neste período a Defensoria Pública homenageará os servidores sangue verde. “Chamamos servidor sangue verde aqueles que trabalham na instituição e fazem a diferença por acreditar na importância e no papel da Defensoria na sociedade. Em poucos lugares vemos pessoas apaixonadas pelo que fazem, aqui, somos muitos”, ressalta o defensor público geral, João Paulo Lédo.

A servidora da DPE, Yanca Sales, fala sobre a satisfação de trabalhar na instituição. “Ter a oportunidade de trabalhar na Defensoria, um órgão que atende diariamente as pessoas mais vulneráveis, vítimas de diversas violações dos direitos humanos, que têm seus direitos pormenorizados cotidianamente, na maioria das vezes em decorrência da classe social, é um verdadeiro privilégio, uma honra”, diz.

Também no dia 19, 19h30, ocorrerá uma projeção de videomapping na fachada do Museu do Estado do Pará e o público poderá assistir drive in a intervenção artística. No mesmo horário ocorrerão projeções em todas as capitais do país. O “projetaço” tem o objetivo de homenagear a Defensoria Pública, o trabalho das defensoras e defensores públicos e chamar atenção para o combate ao racismo.

Nos dia 20 e 21, palestrantes de renome nacional irão abordar em uma transmissão pelo canal da Defensoria Pública temas pertinentes à atuação da Defensoria Pública no cenário de pandemia Covid-19. São eles: Ministra Cármem Lúcia; Ministro Dias Toffoli; Juristas Flávio Tartuce; Daniel Amorim Assumpção Neves; Freddie Didier Jr.; Maria Berenice Dias, Coach Kotaru Tuji; e o ministro aposentado Carlos Ayres Britto. Já no dia 27, às 10h, ocorrerá uma sessão solene na ALEPA homenagenado a Defensoria Pública e as defensoras e defensores públicos do Pará.

MAIO VERDE 

É tradição neste mês a ANADEP incentivar as associações estaduais a iluminarem prédios públicos nas capitais na cor verde para chamar atenção para a campanha nacional e por ser essa a cor da Defensoria Pública. No Pará, a ADPEP fez uma parceria com a Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria de Urbanismo, e iluminou o Mercado de Ferro do Ver-o-Peso, o Solar da Beira, o Palacete Bolonha, o Palácio Antônio Lemos e o prédio da CODEM.

SERVIÇO

Exposição “Transformação do Silêncio”, com temática étnico-racial, do artista plástico Petchó Silveira, com curadoria de Jade Jares, neste sábado (15), às 19h, na Estação Cultural de Icoaraci – Rua Padre Julio Maria. Entrada franca. Obras disponíveis para comercialização ao público.

ACOMPANHE A PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

10/05 – Começa a entrega dos brindes surpresa para os associados e associadas da ADPEP.

01/05 a 31/05 – Iluminação de verde de prédios públicos de Belém.

19/05; 19h30 – Apresentação de vídeo comemorativo projetado na fachada do Museu do Estado do Pará. O evento será drive in, portanto as Defensoras e Defensores deverão chegar e estacionar seus carros do espaço estabelecido pela Semob na lateral do prédio do museu. O evento também será transmitido ao vivo pelo Instagram, pelo Facebook e pelo Youtube da ADPEP.

19/05 – Matéria especial na TV Liberal sobre a Defensoria Pública e o Maio Verde.

27/05; 10h – Sessão Solene na ALEPA em homenagem à Defensoria Pública do PA e às Defensoras e Defensores Públicos paraenses requerida pelo Deputado Ozório Juvenil (MDB).

15/05; 19h – Abertura da exposição “Transformação do Silêncio”, com temática étnico-racial, do artista plástico Petcho Silveira, com curadoria de Jade Jares, na Estação Cultural de Icoaraci. A exposição ficará aberta até 30/05. Haverá a apresentação cultural do espaço cultural Coisa de Negro, de Icoaraci.

17/05; 19h – Roda de Conversa: Racismo se Combate em Todo Lugar, na Estação Gasômetro (Parque da Residência). Convidadas: Dharla Farias (advogada, ativista do Movimento Negro, coofundadora do Coletivo Sapato Preto – negras Amazônida e membra/militante do CEDENPA e da Coalizao Negra por Direitos) e Mirian Dantas (indígena do Povo Tenetechar-Tembé, mestre em Psicologia Clínica e Social pela UFPA). Debatedoras: Ursula Vidal (secretária de Cultura do Estado), Anna Izabel e Silva Santos (Vice-Presidente da ADPEP). Mediadora: Sub-Defensora Geral Mônica Belém. Teremos a apresentação de Edson Catendê. O evento será transmitido pelo canal do YouTube da SECULT e DPPA.

18/05 – Bate papo “Raizes Históricas do Racismo Estrutural e a Importância de Políticas das Ações Afirmativas”. Participantes: Professora Dra Luana Bagarrão Guedes e Professora Dra Zélia Amador de Deus. Mediadora: Rosemary Reis (Defensora Pública).

19/05 –

8h – 1º Cerimônia solene do CSDP de outorga do mérito defensorial no âmbito da Defensoria no auditório do prédio-sede: em homenagem aos defensores aposentados e em homenagem póstuma aos servidores falecidos em decorrência da Covid-19.

9h – Entrega de certificado em homenagem ao Servidor Sangue Verde.

10h – VI Edição do Prêmio “Benedicto Wilfredo Monteiro”.

19h – Exibição vídeo mapping comemorativo no Museu do Estado do Pará.

20/05 e 21/05; pela manhã e tarde – Palestrantes de renome nacional irão abordar temas pertinentes à atuação da Defensoria Pública no cenário de pandemia Covid-19, sendo eles: Ministra Cármem Lúcia; Ministro Dias Toffoli; Juristas Flávio Tartuce; Daniel Amorim Assumpção Neves; Freddie Didier Jr.; Maria Berenice Dias, Coach Kotaru Tuji; e o ministro aposentado, Carlos Ayres Britto.

“Norteando Direitos: I Seminário das Defensorias da Região Norte”.

26/05; 16h – DPE/RR e DPE/AP. Tema: Vulnerabilidade e questão indígena na Região Norte do Brasil (interseccionalidade, gênero e vulnerabilidade).

27/05; 16h – DPE/PA, DPE/TO e DPE/RO. Tema: Vulnerabilidade e negros na Região Norte do Brasil (interseccionalidade, gênero e vulnerabilidade).

28/05; 16h – DPE/AM e DPE/AC. Tema: Ferramentas de atuação das Defensorias Públicas-experiência institucionais.

31/05 – Entrega dos alimentos da “Campanha de arrecadação de alimentos da ESDPA”. Campanha da ESDPA, em parceria com empresas colaboradoras, visando arrecadar alimentos, prestando auxílio aos vulneráveis em tempos de crise.

Programação Nacional ANADEP

13/05 – Dia Nacional de Luta Contra o Racismo e divulgação do vídeo da campanha nacional nas redes sociais.

14/05; 9h – ANADEP participa de audiência pública para tratar das recomendações sobre direitos da população negra e combate ao racismo. O debate é organizado pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados no âmbito do Observatório Parlamentar da Revisão Periódica Universal (RPU). Durante a audiência pública, a ANADEP apresentará a campanha “Racismo se combate em todo lugar: Defensoras e Defensores Públicos pela equidade racial”. A audiência será transmitida na TV Câmara e no Canal da Câmara dos Deputados no Youtube.

17/05; 10h – Sessão solene no Senado Federal para homenagear as Defensoras e Defensores Públicos. Por causa da pandemia da COVID-19, a solenidade ocorrerá apenas virtualmente e será transmitida na TV Senado e no Canal do Senado Federal no Youtube (youtube.com/tvsenado).

17 a 19/05 – Webinário #DefensoriaEmPauta: Desafios para o acesso à Justiça. Veja os horários no Instagram @anadepbrasil.

19/05 – Divulgação da mensagem da Presidente da ANADEP nas redes sociais. Veja os horários no Instagram @anadepbrasil.

19/05 – Projetaço – Projeção simultânea em prédios públicos em todas as capitais do Brasil. Veja os horários e acompanhe tudo no Instagram @anadepbrasil.